Autor: Majoi Costa da Agencia Record

Tempo quente e seco pode prejudicar a saúde Pixabay A SES-SP (Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo) registrou, nos sete primeiros meses de 2023, um aumento de 102,5% nos atendimentos ambulatoriais e nas internações por causas relativas à exposição ao calor em relação a 2022. Foram 312 neste ano e 154 no mesmo período de 2022. A pasta reforça a toda a população a necessidade de cuidados redobrados durante a semana, quando as altas temperaturas no estado de São Paulo podem chegar aos níveis mais elevados do ano. Veja também Cidades Calorão atípico rende memes na internet; confira…

Leia Mais