Autor: Rodrigo Balbino da Agencia Record

Uma família em luto precisou cavar a sepultura de um jovem de 26 anos no cemitério municipal de Rio Grande da Serra, na região metropolitana de São Paulo, na tarde deste domingo (3), porque o coveiro não estava no local. Segundo a auxiliar de enfermagem Maura Conceição da Silva, de 46 anos, mãe de Paulo da Silva Júnior, que morreu afogado na última sexta-feira (1°), a família e os amigos tiveram que improvisar uma cova no único cemitério da cidade, localizado na avenida Jean Lieutaud, e ainda tentaram cobrá-los por isso. Segundo Maura, o corpo de Paulo só foi localizado…

Leia Mais