Autor: The New York Times Jay Root

A missão de resgate das famílias de imigrantes começou com um pedido simples, mas incomum, pouco antes do Natal, feito no WhatsApp do grupo de pais dos alunos bilíngues do segundo ano da Escola Pública 139, no Brooklyn. “Olá, pessoal”, começava em espanhol. “Tem alguém que poderia me dar duas malas grandes?” A seguir, a mulher que a enviou, Suerkis Polanco, explicou que a família não tinha um centavo e deveria ser despejada da “chete” em que estava no início de janeiro. Um pai que falava espanhol escreveu dizendo que tinha só uma, que poderia doar, mas primeiro queria saber…

Leia Mais